O que é descasamento de fluxo de caixa?

O que é descasamento de fluxo de caixa?

Ao tratarmos de descasamento de fluxo de caixa, primeiramente temos que saber o que significa fluxo de caixa.

Fluxo de caixa é a denominação que se dá a todo registro de entrada e saídas de recursos financeiros da empresa, de forma a conhecer a disponibilidade de caixa a curto prazo. Tais registros podem ser elaborados através de planilhas, manual ou digitalmente, possibilitando ao empreendedor e ao gestor conhecer a saúde financeira do seu negócio e ter noção de datas de recebimento (entradas) e prazos de pagamento da própria empresa (saídas).

Desta forma, se a empresa não há equilíbrio entre os valores e datas de recebimentos das vendas a prazo com o montante que a empresa precisa dispender neste mesmo prazo, há um desequilíbrio ou descasamento no fluxo de caixa.

Exemplificando: Sua empresa vendeu no final do ano R$70.000,00 e a maioria dos pagamentos foi parcelado, em mais de três parcelas. Entretanto, o montante que você precisa para saldar suas despesas - sejam elas, salariais, fornecedores e as fixas da empresa (locação do ponto, energia elétrica, impostos etc.) não estará disponível.

Se você faz o controle financeiro de fluxo de caixa, as ações para não ocorrer o descasamento vão sendo tomadas de acordo com o planejamento do setor, com a disponibilidade e as estratégias já previstas.

Não é necessário se desesperar, o descasamento de fluxo de caixa pode ocorrer, eventualmente, até mesmo em empresas saudáveis. Contudo, passa a ser um problema quando é frequente. Gera desgaste interno e descontrole nos pagamentos dos débitos da empresa, sem falar nas multas por atraso de pagamentos, perda de fornecedores, afetando também a imagem da empresa e do empreendedor junto ao mercado.

 

Evitando o descasamento do fluxo de caixa

1. Planejamento financeiro. O gestor deve conhecer a vida financeira da empresa, entradas e saídas, datas importantes do comércio, períodos de queda de vendas e serviços e trabalhar com um planejamento com previsão de seis meses, no mínimo. E estar atento a possíveis descasamentos no fluxo de caixa, tomando medidas para solucionar o evento – ofertas, renegociação de pagamentos, prazos de entrega.

Por isso, só coloque em prática esta dica se perceber que há espaço de negociação com o cliente. Outro fator de atenção: esta dica só funciona para lotes a vender. No caso dos lotes já vendidos, certifique-se que não haverá multas e juros ao estender o prazo de entrega.

2. Atualizar os dados financeiros constantemente. As previsões para o orçamento da empresa no planejamento devem ser corrigidas e ações tomadas em qualquer discrepância.

Exemplificando, se sua previsão de gastos de energia elétrica para este mês foi de R$600,00 e a fatura veio em valor maior, esta informação deve ser alterada na planilha e o impacto deste aumento dentro do orçamento anteriormente previsto considerado para que sejam feitos os devidos ajustes.

Toda e qualquer desigualdade de valores (positivos ou negativos) devem ser atualizados e levados em conta na tomada de decisão das ações da empresa.

3. Antecipar seus recebíveis. Este recurso financeiro possibilitará ao gestor trabalhar com o dinheiro que já é seu e que se encontra indisponível no momento, evitando assim entrar no cheque especial ou empréstimo bancário.

Estas ações auxiliam o gerenciamento do negócio e evitam o descontrole do fluxo de caixa.

Aproveite e baixe agora os e-books com dicas para otimizar seu fluxo de caixa e as finanças de sua empresa.

Nossos Parceiros

Simulador

Faça sua simulação de valor futuro clicando no botão abaixo

placeholder+image
Arya Florais Mall - sala 203
Av. dos Florais, 87, Cuiabá/MT - CEP.: 78.049-520
(65) 3642-5180
(65) 9 8103-5743
Rentalize Securitizadora S.A.

Contato

Some: 8 + 6 =